terça-feira, 9 de abril de 2013

Montando pratos saudáveis para quem come fora sempre !!!!!!


Um prato para ser considerado um prato saudável deve ser composto por:
Carboidrato, que é o grupo do arroz, das massas, do milho, da mandioca, da mandioquinha, da farofa e da quiche. Desses aí, o que puder ser integral, que é cheio de fibras, é melhor(ou carbos de mais lenta digestão );
Proteínas de origem animal, que é o grupo das carnes, seja ela vermelha, aves ou pescados. Como vocês já sabem, as carnes brancas são as mais indicadas por terem menos gordura;
Proteínas de origem vegetal, que é o grupo do feijão, sendo seus substitutos a ervilha, a soja, o grão de bico e a lentilha. Todos esses são ricos, principalmente, em fibras e ferro.
Vitaminas, minerais e fibras, adquiridos pela ingestão de hortaliças, de legumes e de frutas.
Como você pode perceber, 50% do seu prato saudável deve ser salada (alface, rúcula, almeirão, agrião…), legumes (cenoura, beterraba, chuchu, abobrinha, abóbora… quanto mais cru, melhor, pois mantém os nutrientes como as fibras e as vitaminas mas eu sei que não dá para comer abóbora crua, fiquem tranquilos, .) e, por que não, as frutas.
As proteínas representam 25% do seu prato saudável, incluindo a proteína vegetal, que são os feijões, a lentilha, o grão-de-bico, a soja e a ervilha, e a proteína animal, que são as carnes, e 25% de carboidratos, preferencialmente, os integrais.
Se você for num restaurante self-service, antes de entrar na fila, dê uma olhada em todas as opções disponíveis de pratos quentes e frios, para já ir escolhendo o que quer pegar. 
Mas se for num restaurante à la carte, tenha esse princípio da montagem dos pratos para então fazer a escolha do prato .
Acho que vocês sabem, mas prefiro repetir para vocês não esquecerem de eliminar as frituras, preparações cheias de manteiga/margarina/óleo, creme de leite e maionese. Mas, caso peguem, maneire na quantidade.
beijos
Carol Foltran

Postar um comentário