quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

DICA DE LITERATURA, PRECISAMOS RIR E NOS MOTIVAR




Quem nunca assistiu o filme de Bridget Jones, que ganhou as telonas por causa do sucesso de seus livros. A protagonista do livro em forma de diário lançado em 1996 pela escritora britânica Helen Fielding. A personagem escancarou, sem romantismo e com muito bom humor, os desafios, as angústias e inquietações de toda uma geração.


Bridget Jones assim como todas ou pelo menos a grande maioria das mulheres passou por problemas ao se aproximar dos 30 anos, como dilemas típicos da idade, como conseguir engrenar uma carreira satisfatória, encontrar um namorado companheiro e perder alguns quilos indesejados. 

Ao percorrer caminhos tortuosos para alcançar seus objetivos, ela arrancava boas risadas. Foi assim que virou fenômeno de popularidade e ganhou mais um livro três anos depois. Juntos, os dois volumes venderam mais de 15 milhões de exemplares no planeta. Com tamanho sucesso, ela invadiu os cinemas na década seguinte, com dois filmes estrelados por Renée Zellweger, Hugh Grant e Colin Firth.

A saga ganha agora uma continuação com Bridget Jones: Louca pelo Garoto (Companhia das Letras), recém-chegado às livrarias. Bridget mudou de faixa etária e está na casa dos 40 anos. Tem dois filhos, recorre à internet na busca por um amor e mantém a graça que lhe é peculiar. Antes de embarcar em mais essa aventura da personagem, relembre seis dos maiores desafios enfrentados por Bridget - e divirta-se ou aprenda um pouco com eles. 


Espero que gostem do livro pois amamos ter ganho um exemplar e seu conteúdo.





Postar um comentário