sexta-feira, 6 de setembro de 2013

DIETA METABÓLICA PERCA ATÉ 8Kg NO MÊS

Dieta Metabólica ou Dieta do Metabolismo


O metabolismo pode ser definido como a forma com que o organismo converte calorias em energia para realizar funções vitais como batimento cardíaco e funções do Sistema Nervoso Central. Quanto mais acelerado for o metabolismo maior será a queima de calorias e consequentemente menor será o acúmulo de gorduras.

Veja também:
Como fazer a Dieta Dukan: http://goo.gl/zlO7H3
Perdendo peso com o Dieta e Saúde: http://goo.gl/ERlBGH
Peça ajuda aos Vigilantes do Peso: http://goo.gl/a5wm6n

Foi baseado nesse princípio que as irmãs norte-americanas Lyssie Lakatos e Tammy Lakatos, criaram a Dieta Metabólica, também conhecida como Dieta do Metabolismo. A Dieta promete uma perda de 8 kg em 01 mês.
O plano da dieta é estruturado na aceleração do metabolismo. O fracionamento da alimentação em seis pequenas refeições ao dia, evitando dessa maneira longos períodos em jejum é apontado como o fator crucial para manter o metabolismo acelerado e então favorecer a perda de peso. A prática de atividade física também é recomendada aos seguidores da dieta, em especial a musculação. Com o aumento da massa muscular é possível promover a aceleração do metabolismo, uma vez que o tecido muscular gasta energia para realizar a sua contração durante os movimentos.
O consumo de carboidratos de baixo índice glicêmico, como grãos integrais, frutas, legumes e verduras, bem como de proteína magras frango, peixe, ovo, queijos brancos (ricota, cottage, queijo minas), iogurte desnatado, leguminosas (feijões, ervilha, lentilha e soja) é estimulado, pois, esses alimentos demandam mais tempo para serem digeridos levando à aceleração do metabolismo.
Plasma de Argonio, saiba mais sobre este procedimento e quem pode utiliza-lo para seu emagrecimento: http://goo.gl/8f7ftl
Alimentos como arroz branco, doces, açúcares, biscoitos e bolos são limitados entre os seguidores da Dieta do Metabolismo por possuírem alto índice glicêmico e, portanto, serem rapidamente digeridos comprometendo a saciedade.
A inclusão de alimentos fontes de gorduras boas como castanha-do-pará, de caju, amêndoa, amendoim, nozes, pinhão, pistache, azeite de oliva extra virgem, abacate, semente de abóbora, gergelim e girassol, também faz parte das recomendações da dieta.
Outros cuidados com a alimentação também são transmitidos aos seguidores da Dieta como consumir doces apenas junto das refeições como sobremesas, para evitar os picos na glicemia; tomar o sumo de um limão galego diluído em água para acelerar o metabolismo; associar a salada ao azeite e arroz integral, a fim de aumentar a densidade calórica da refeição.
O tamanho das porções consumidas também é outro cuidado que o seguidor da Dieta Metabólica deve se atentar. No caso dos carboidratos a porção deve ser equivalente a um punho fechado, já para frango ou peixe a referência é o tamanho da mão e para as carnes a palma da mão.

Vantagens da Dieta Metabólica

A realização de seis pequenas refeições ao dia, evitando longos períodos em jejum, como recomenda a dieta, estimula o metabolismo e favorece a perda de peso.

Desvantagens da Dieta Metabólica 

O tamanho adequado da porção dos alimentos a ser consumida, deve ser estabelecido por um nutricionista de acordo com as necessidades nutricionais de cada indivíduo para que tenha mais eficiência durante a dieta


Postar um comentário