sábado, 28 de julho de 2012

Pegadinha nos rotulos de alimentos CUIDADO!!!!!


Rótulos delatam pegadinhas nas embalagens
Verificar as informações nutricionais disponibilizadas nos rótulos alimentícios é sempre aconselhável. Com elas, você fica a par não só das calorias que vai ingerir como também dos nutrientes que fazem parte do alimento escolhido. Algumas confusões na hora de lê-los, no entanto, podem atrapalhar o equilíbrio da sua alimentação.
Os enganos normalmente acontecem quando você lança mão de algum produto pensando ser benéfico para um objetivo que ele não é capaz de atender. Para não correr o risco de comprar gato por lebre, a responsável pela equipe nutricional do MinhaVida, Roberta Stella, montou uma lista das confusões comuns na interpretação de estampas mais usadas nos alimentos.
Sem gordura trans
De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), alimentos que apresentam até 0,2 gramas de gordura trans não precisam declarar a quantidade da gordura, podendo ser expressa como zero ou não contém gordura trans , explica a especialista sobre as informações comumente encontrada nos rótulos.
Porém, o que você deve verificar é se, entre os ingredientes, existe gordura vegetal hidrogenada. Quando há esse ingrediente, o alimento apresenta gordura trans, mesmo não sendo declarado , alerta Roberta. Além disso, ela lembra que, como a porcentagem de valor diário de gorduras trans não é estabelecida, os rótulos não indicam nenhum valor de consumo. O conselho da nutricionista é ter em mente que a quantidade da gordura não deve ser superior a 2 gramas diários.
Sem colesterol
Passeando pelas prateleiras dos supermercados, é fácil encontrar óleos de origem vegetal com a informação de que são isentos de colesterol. Segundo Roberta, dizer que os óleos vegetais são livres de colesterol, é o mesmo que dizer que a chuva é molhada, já que o colesterol só é encontrado em alimentos de origem animal. Quando o rótulo de certo produto indica que ele é livre de colesterol não necessariamente ele é melhor que outro com a mesma composição. Um óleo vegetal que estampa sem colesterol em sua embalagem não se difere de outro óleo vegetal que não apresenta este tipo de comunicação , exemplifica. O raciocínio, lembra ela, também vale para os cremes vegetais.

beijos

Carol Foltran
Postar um comentário