quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Faça substituições que deixam os pratos mais leves e saudáveis


Diminuir a quantidade de alimentos que você põe no prato é a primeira mudança na hora de fazer dieta. Mas logo você vai perceber que ela não basta: para emagrecer mesmo, só substituindo alguns alimentos por outros.

A nutricionista Daniella Camargo, especialista em elaboração de dietas para pacientes com limitações alimentares, conhece as trocas que colaboram muito com a perda de peso, sem fazer quase nenhuma mudança em relação ao sabor dos pratos. "Pequenas mudanças no cardápio proporcionam uma alimentação e hábitos mais saudáveis, sem grandes impactos", explica a nutricionista. "Muita gente até se surpreende com os novos sabores". Confira algumas das mudanças que a nutricionista sugeriu para quem já está na fase dois da reeducação alimentar.

Arroz branco ou Integral
"O arroz integral conserva a película e o gérmen, onde está a maior parte dos nutrientes. Constituída por fibras insolúveis, que ajudam no trânsito gastrointestinal e também aumentam a saciedade, a película é retirada no arroz que, por isso, é mais pobre em nutrientes", explica a especialista. 

Leite integral ou desnatado 
O teor de gordura do leite integral é mais elevado em relação ao leite desnatado. "O leite integral é importante para crianças e adolescentes que estão em fase de crescimento e para pessoas que não se preocupam com o sobrepeso. Já o desnatado possui somente 1% de gordura e calorias reduzidas á metade", diz Daniella Camargo.

Carne vermelha ou carne branca
"A carne branca, principalmente o peixe, tem menos gordura do que carne bovina e quase que a mesma quantidade de proteína", diz a especialista. A carne branca também possui alto valor biológico e boa absorção da proteína ingerida. Se preferir o frango ou as aves, em geral, não se esqueça de retirar a pele. 

Emagrecendo
As trocas de alimentos comuns pela versão mais saudável garante uma maior saciedade. "Normalmente, esses alimentos apresentam maior teor de fibras, o que garante maior saciedade e com redução calórica. A opção ajuda na redução de peso e no controle de diabetes e nível alto de colesterol, por exemplo", afirma a nutricionista.

Dica
Trocar os doces da sobremesa também é uma boa modificação quando o assunto é regime. "Se deixarmos o doce de lado e optarmos pelas frutas, ganhamos mais em vitaminas, minerais, fibras e hidratação. Os doces contêm uma quantidade muito alta de açúcar e gordura, sinalizando que realmente é melhor serem deixados de lado", finaliza.


beijos

Carol Foltran
Postar um comentário