sábado, 4 de agosto de 2012

Pelling de diamante uma outra maneira de cuidar e tirar suas manchas da pele

Estou postando um metodo para cuidar da pele menso forte que CO2 claro que não fara o que o que o CO2 faz ,mas é um outro metodo par se cuidar da pele, ou fazer juntamente com o CO2 , não faça em sua peles antes de procurar um medico e falar de sua necessidades mais pelo menos vamos vendo e sabendo dos tratamentos que existem....

É um tratamento de renovação celular que devolve a elasticidade, clareia as manchas, diminui a oleosidade e a acne e ainda é e menos agressivo que alguns peelings químicos.O método consiste em uma microdermoabrasão superficial, onde é usada uma ponteira de diamante que desliza sobre a pele promovendo uma esfoliação. O principal objetivo desse peeling é refazer a superfície da pele, reduzindo as rugas finas e diminuindo os poros que estão dilatados.
A abrasão e esfoliação são controladas e estimulam a formação de colágeno – proteína natural da pele - que vem a ser a chave da elasticidade e do tônus facial. É um peeling leve e retira somente uma parte da epiderme, podendo ser usado para preparo da pele para peelings químicos ou usado isoladamente com bons resultados.
O tratamento age de maneira suave e progressiva, pode ser usado em todos os tipos de pele, inclusive em peles morenas e também bronzeadas. É realizado no consultório, sendo indicado para suavizar manchas de pele, no tratamento de estrias, flacidez e rejuvenescimento. Também está bem indicado para as “bolinhas do bumbum”, que aparecem em pessoas que ficam grandes períodos sentadas ou usam roupas muito justas com resultados satisfatórios.
No tratamento das estrias, o processo se dá de acordo com o tipo da estria e pode ser um pouco mais agressivo, sendo assim, regula-se a abrasão para fina ou grossa. A ponteira é conectada a um aparelho de vácuo que puxa a pele e a comprime contra o diamante, tornando a esfoliação ainda mais efetiva. É ideal para eliminar estrias novas que estão ainda vermelhas. Mas, também diminui bastante a visibilidade das brancas que já são antigas. O método é indolor. Porém a paciente pode apresentar vermelhidão ou eritema nas áreas tratadas e fica proibida de tomar sol por cerca de três meses...

beijos

Carol Foltran
Postar um comentário