segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Diferença entre celulite e gordura localizada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Uma das coisas que mais incomoda as mulheres é a pele com aspecto de casca de laranja, o que é bem típico quando as famigeradas celulites começam a aparecer. Outro efeito que deixa qualquer mulher de cabelo em pé é a gordura localizada, principalmente quando chega o verão. Esses dois problemas quando surgem, nos limitam a roupas mais compridas, biquinis menores e uma luta louca contra a balança, sem contar que a culpa sempre será do chocolate! Mas afinal, será que a celulite e a gordura localizada tem alguma ligação direta ou uma não depende da outra para surgir?

Gordura Localizada x Celulite

A gordura localizada consiste no acúmulo de massa adiposa em locais onde o tecido é mais frouxo, normalmente culotes, flancos e abdômen. Ao contrário da gordura regionalizada, ela se concentra em locais específicos e formam os tão falados pneuzinhos (quando na barriga). O surgimento dessa gordura está mais ligada á predisposição genética do que alimentação e estilo de vida, embora também tenham uma grande influência sobre o corpo. Apesar de tudo, não é via de regra que quem possui essas gordurinhas localizadas tenham celulite, pois isso está relacionado a outros fatores.
celulite por sua vez não é exclusividade de quem é gordinho pois seu surgimento pode estar ligado ao ritmo de vida da pessoa. Fumo, stress, bebidas, alimentação, sedentarismo entre outras coisas, podem desencadear os temidos furinhos na pele. A celulite  acontece quando um certo tipo de gordura se acumula sob a pele e comprime os vasos sanguíneos, fazendo com que o ar e os nutrientes não cheguem até as células do tecido. Essas células também não conseguem liberar as toxinas e esses processos somados causam uma reação inflamatória que forçam as fibras de colágeno até que estas endureçam, trancando a gordura e fazendo com que a celulite apareça.
Por isso, nem sempre quem tem gordura localizada terá celulite ou quem tem celulite terá gordura localizada. Até mesmo os tratamentos existentes são diferentes, muito embora as maneiras de prevenir sejam parecidas, como uma boa alimentação, bastante ingestão de líquidos e exercícios regulares. O ideal é cuidar do corpo para mantê-lo forte e livre  dessas consequencias tão indesejáveis!

beijos

Carol Foltran
Postar um comentário